Minas Gerais lidera geração nacional de energia solar

Minas Gerais lidera geração nacional de energia solar

Image

Dados divulgados pelo estado na última semana destacam que o estado atingiu a marca histórica de 2 GW e é líder da fonte no Brasil

A produção de energia solar no Brasil já é uma realidade e Minas Gerais, na região Centro-Oeste, desponta com um estado em potencial para ela. No último dia 29 de maio, o estado destacou que atingiu a marca histórica de 2 GW de energia através do sol, chegando assim à liderança na geração nacional de energia solar no país.

De acordo com o governo do estado, Minas também avança para acelerar a inovação necessária para a descarbonização, sendo o primeiro Estado na América Latina e do Caribe a aderir ao Race to Zero - campanha global para reunir lideranças com objetivo de alcançar emissões líquidas zero de gases de efeito estufa até 2050.

Em nota, Fernando Passalio, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico do estado, reforça que a produção solar do estado hoje corresponde a 18% da produção nacional.

“A capacidade instalada de energia solar reforça o potencial de Minas Gerais em liderar a produção de energia solar no país, representando mais de 18% da produção nacional. A geração de mais de 2 gigawatts é uma conquista do Governo Zema, por meio do planejamento estratégico do Sol de Minas, projeto que tinha a meta de alcançar esse valor somente no fim deste ano. Batemos a meta final com 12 meses de antecedência” explicou ele.

Grande parte da produção vem do projeto Sol de Minas , o qual segundo o governo fortalece a cadeia produtiva de geração de energia fotovoltaica, promovendo a mudança gradual e efetiva para energias limpas em Minas Gerais. A produção solar total envolve a produção centralizada e geração distribuída, segundo Pessalio. Assim como simboliza mais de 9 bilhões de reais em investimentos e também a geração de cerca de 60 mil empregos no estado.

Outro ponto comentado é que o aumento na produção renovável faz parte dos resultados dos investimentos feitos pelo governo. Isso porque 43 bilhões de reais em investimentos no setor de energia solar fotovoltaica desde 2019 foram propiciados segundo o especialista.

“Ao aumentar a capacidade instalada de geração de energia elétrica e fortalecer a cadeia produtiva, o projeto já teve como resultado uma adesão de 852 dos 853 municípios mineiros à geração distribuída de fonte solar fotovoltaica, o que representa mais de 99%. As gerações centralizadas estão mais concentradas em parques solares e usinas situadas, na maioria dos casos, em cidades do Norte de Minas ``, comenta o governo em nota.
Já em relação à geração distribuída, de forma específica, as instalações desse tipo de geração também são bastante significativas.

“A importância da energia solar em Minas ganha força pela quantidade total de sistemas de energia fotovoltaica para Geração Distribuída instalados no estado, sendo 148.780 unidades – 16,05% da participação total nacional, em que são distribuídos 104.983 em residências, 21.128 em comércios, 19.543 em propriedades rurais e 2.657 nas indústrias” explica o estado.

Fonte: Portal Brasil Solar

Compartilhe esta noticia: