Diretora Regional da ABGD RS fala sobre a importância do Fórum GD para o setor de Geração Distribuída

Diretora Regional da ABGD RS fala sobre a importância do Fórum GD para o setor de Geração Distribuída

Image

Mara Schwengber é a primeira entrevistada da série de entrevistas com os palestrantes do Fórum GD - Fórum Regional de Geração Distribuída

O Portal Brasil Solar traz uma série de entrevistas com os palestrantes do Fórum GD - Fórum Regional de Geração Distribuída 2018 nos próximos dias. O evento é o principal do setor de geração distribuída do primeiro semestre no Brasil e acontecerá entre os dias 17 e 18 de maio de 2018, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul.

A primeira entrevistada é a Diretora Regional ABGD RS e Sócia Proprietária da Solled Energia, Mara Schwengber!

Confira!


Portal Brasil Solar: O setor de geração distribuída vem apresentando um grande crescimento nos últimos anos. Como a senhora avalia este crescimento??

Mara: Ao mesmo tempo que o crescimento é exponencial, o mercado de GD ainda tem pouca representatividade na matriz energética brasileira. A difusão do conhecimento, a crise energética e os resultados positivos de quem já optou por GD são os principais impulsionadores deste crescimento. Considerando que a geração solar fotovoltaica é a principal fonte do mercado de GD, teremos nos próximos anos como impacto deste crescimento a oportunidade de diminuir problemas de fornecimento de energia e, por consequência, a redução de investimentos previstos em transmissão e distribuição de energia, bem como a redução de perdas na transmissão ocasionadas pelas distâncias entre a geração e o ponto de consumo.

Portal Brasil Solar: Qual a sua expectativa para o setor de geração distribuída com fontes renováveis para o ano de 2018?

Mara: A tendência mundial de produzir e consumir sua própria energia agora acontece no Brasil. Mesmo em um cenário de crise econômica esse é um mercado em crescimento e nele se encontram oportunidades para toda a cadeia produtiva, gerando empregabilidade. Com a queda dos juros e o aumento na tarifa de energia, amplia-se a taxa de atratividade do investidor e o mercado cresce muito mais. Nesse sentido, entende-se que o ano 2018 será mais um grande marco neste mercado.

Portal Brasil Solar: Na sua opinião quais os principais desafios e gargalos que o setor ainda enfrenta?

Mara: Entre os principais desafios encontram-se: dificuldades burocráticas em relação às concessionárias de energia; legislação clara e que traga maior segurança ao mercado (ex.: isenção de ICMS em alguns Estados e a tarifa binômia); capacitação técnica das empresas integradoras (capacitação, certificação técnica e fiscalização dos órgãos competentes); linhas de financiamento com taxas mais atrativas e risco de elevação de preço de alguns equipamentos (ex.: módulos fotovoltaicos) devido a demanda do mercado mundial.

Portal Brasil Solar: Nos conte um pouco sobre a ABGD - RS e como ela vem contribuindo para as empresas do setor no estado.

Mara: A representatividade local aproxima a ABGD dos seus associados, tratando assuntos específicos e pertinentes ao Estado, como a questão de dificuldades com as concessionárias de energia, bem como o fortalecimento do mercado GD local.

Portal Brasil Solar: O Fórum GD tem como objetivo reunir toda a cadeia produtiva dos estados do Sul do país, à fim de debater sobre o setor. Na sua opinião qual a importância do Fórum GD?

Mara: O Fórum GD é de extrema importância para o mercado. Considerando que o RS é o segundo maior em potência instalada e o terceiro maior em número de conexões à rede torna-se fundamental trazer este evento para o Estado. Como o fórum irá reunir toda a cadeira produtiva do setor de geração distribuída, acredito que este evento será um marco importante dentro do cenário de crescimento estimado pela Aneel para os próximos anos.

Portal Brasil Solar: Fale um pouco sobre a sua participação no evento.

Mara: Atuando no mercado de Solar Fotovoltaico desde 2011, como sócia proprietária da Solled Energia, de Santa Cruz do Sul (RS), temos a percepção das oportunidades e dificuldades do setor. O maior desafio assumido neste evento é de conseguir levar aos participantes conhecimento do mercado, acesso a fornecedores e parceiros de negócios, networking, qualificação e oportunidades de negócio. Um dos pontos altos do fórum serão os cases de linhas de financiamentos utilizadas no Estado, oferecidos principalmente pelas cooperativas de crédito, uma das demandas solicitadas pelos associados. Além disso, vamos mostrar o trabalho já realizado no RS (cases) que levam este Estado a ser reconhecido em nível nacional pelo crescimento no setor.


Para mais informações sobre o eventos os interessados podem acessar www.forumgd.com.br


Fonte: Thayssen Carvalho - Portal Brasil Solar

Compartilhe esta noticia: